Cada brasileiro paga anualmente R$1,8 mil em média para sustentar a luta contra a violência. Segundo a Confederação Nacional da Indústria (CNI) são 365 bilhões ao ano no total, que equivale a 5,5% do PIB do país. Este valor é mais alto do que o arrecadado com os setores de construção (5,2%) ou agronegócio (5,3%).