Close

Came do Brasil amplia portfólio e investe em portas com detectores de metais

  • Home
  •  / 
  • Imprensa
  •  / 
  • Came do Brasil amplia portfólio e investe em portas com detectores de metais

Came do Brasil amplia portfólio e investe em portas com detectores de metais

Em um ano que já ficou marcado pelo grande número de ataques violentos às escolas do Brasil, com sete atentados ocorridos apenas no primeiro semestre, a preocupação dos colégios em reforçar seus sistemas de proteção continua e tem ajudado a manter aquecido o mercado de segurança.

Inserida neste segmento, a unidade brasileira da Came, empresa que é líder mundial em produtos para automação de acesso, resolveu ampliar o seu portfólio de produtos e começará a vender, a partir do início de outubro, três novos modelos de portas com detectores de metais. Um desses dispositivos, considerado ideal para ser usado em instituições de ensino, conta com saídas para ter sua operação interligada com catracas, cancelas e outras tecnologias de gestão de acesso. Para completar, vem com várias funcionalidades que elevam o seu nível de proteção, como display LCD no topo, alarmes visual e sonoro e opções de configuração com três ou oito zonas de alta sensibilidade.

Uma porta giratória, com oito áreas de detecção capazes de identificar armamento ou metais pequenos, e outra semigiratória, dona de oito áreas de identificação desta mesma categoria de material em sua entrada e com ajustes à distância por computador e controle remoto, são os outros dois modelos desse tipo de equipamento que a Came acaba de integrar ao seu portfólio.

“Vamos aumentar a nossa gama de controle de acesso e segurança com essas portas com detectores de metais. Dadas as situações que ocorreram em um passado recente, como, por exemplo, os ataques contra as escolas, e com as demandas que temos recebido, resolvemos investir nesses equipamentos. E fizemos isso porque temos percebido que as instituições de ensino continuam preocupadas em reforçar os seus sistemas de proteção”, revela Marco Barbosa, diretor da Came do Brasil. “Essa demanda já existia, mas ela se acentuou muito quando tivemos problemas de violência nos colégios neste ano”, completa.

Essa preocupação se reflete nos números alarmantes da violência. De acordo com a última edição do Anuário Brasileiro de Segurança Pública, divulgada em julho, diretores de 1.295 escolas do país relataram situações de tiroteio ou de bala perdida em 2021, o que aconteceu em pelo menos 1,7% das instituições de ensino brasileiras naquele ano. E pouco tempo depois dos graves ataques ocorridos neste ano, o governo federal anunciou, em abril, um investimento de R$ 3,1 bilhões para a prevenção contra atos violentos nos colégios brasileiros.

Versatilidade no controle de acesso

Cheias de tecnologia para serem operadas com facilidade e garantir a eficiência na gestão de acesso, as novas portas da Came serão disponibilizadas para consulta a partir deste mês, antes de serem colocadas à venda em outubro, avisa Barbosa, que exalta o fato de que esses equipamentos podem ser utilizados em diferentes tipos de lugares, como aeroportos, instituições bancárias de pequeno porte e até em propriedades particulares.

“As portas giratórias podem ser usadas em estabelecimentos comerciais e em residências. São produtos bastante versáteis para minimizar qualquer tipo de problema e são especialmente voltados para o controle de acesso de pedestres”, completa o diretor da Came, que também é especialista em segurança.

Antes de integrar esses novos equipamentos de alta tecnologia ao seu portfólio, a Came já disponibilizava em sua linha de dispositivos de controle de acesso catracas, cancelas, automatizadores de portão, torniquetes, portas automáticas, reservadores de vagas e controladoras de equipamentos.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *